Projeto Comunidade Unida: a Influência da Comunidade na Implementação da Estratégia de Responsabilidade Social

Nome: Karina Santos Feu
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 05/05/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
César Augusto Tureta de Morais Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Alfredo Rodrigues Leite da Silva Examinador Interno
César Augusto Tureta de Morais Orientador
Samir Adamoglu de Oliveira Examinador Externo

Resumo: O estudo da Estratégia como Prática Social (EPS) pouco discutiu sobre a influência dos praticantes externos nas organizações, no processo de implementação da estratégia. Essa dissertação pretende identificar como a comunidade influencia na implementação da estratégia de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) de uma mineradora no projeto Comunidade Unida, mineradora essa localizada na Grande Vitória – ES, demonstrando empiricamente como se dá o processo de relacionamento da empresa com a comunidade, apresentando como um praticante
externo pode modificar ou não as práticas da empresa. Para tal, foi realizado um uma pesquisa qualitativa, utilizando como técnica de coleta de dados, entrevistas, observações e documentos, tanto públicos, quanto internos da mineradora. O trabalho de campo foi desenvolvido de abril a dezembro de 2016, sendo as observações multi-situadas: alguns eventos ocorreram dentro da escola do bairro, outro na beirada da lagoa e ainda no ambiente do parque mantido pela empresa. Para análise dos dados, foi utilizada a análise de conteúdo. Os resultados obtidos
apontam que a comunidade interfere na implementação da estratégia de RSC da empresa, por meio das reuniões de planejamento, momento em que a mineradora para e escuta as demandas daquela comunidade e, em parceria, define os projetos a serem realizados naquela localidade. A empresa se utiliza dessa técnica participativa para envolver um número maior de pessoas dentro das comunidades e demonstrar que valoriza suas opiniões nos projetos desenvolvidos. Outra vantagem obtida pela companhia com o relacionamento mais próximo com as comunidades é
que a empresa consegue perceber descontentamentos das lideranças locais, e prever conflitos que podem surgir dentro delas. A mineradora percebeu que a partir desse envolvimento com as comunidades, consegue minimizar os impactos que uma comunidade pode causar ao seu processo produtivo.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910